Conheça os 27 agrotóxicos encontrados na água que abastece as cidades do Brasil

12 de abril de 2019

ALACLORO

O herbicida está na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliado como Altamente Perigoso. O alacloro é classificado pela União Europeia como uma substância com evidências de causar distúrbios endócrinos, que afeta o sistema hormonal. Os sintomas da exposição ao agrotóxico são náusea, vômito e enjôo. Nos casos mais graves ocorrem colapso e coma, segundo a Cetesb (Companhia Ambiental de São Paulo).

 

Classificação no Brasil: III (Medianamente Tóxico)

Autorizado no Brasil

Proibido na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 83% (30.242 detecções de 36.523 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 5

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 3.715

Limite máximo permitido na água do Brasil: 20μg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia: 0.1μg/L

Total vendido no Brasil em 2017:  sem vendas registradas no Ibama

 

ALDICARBE

 

Inseticida, acaricida e nematicida, conhecido popularmente como chumbinho, está na lista da Pesticide Action Network (PAN) classificado avaliado como Altamente Perigoso. O aldicarbe é classificado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como Extremamente Perigoso (Extremely Harzadous) do ponto de vista agudo. O uso do químico passou por processo de reavaliação no Brasil após a substância começar a ser utilizada para outros fins, tais como agente abortivo e em tentativas de homicídio e de suicídio, acarretando um grave problema de saúde pública.

 

Classificação no Brasil:  I (Extremamente Tóxico)

Proibido no Brasil

Proibido na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 91% (24.477 detecções de 26.915 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 74

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 5.636

Limite máximo permitido na água do Brasil: 12µg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia: 0.1μg/L

Total vendido no Brasil em 2017:  sem vendas registradas no Ibama

 

ATRAZINA

 

O herbicida está na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliado como Altamente Perigoso. A atrazina é classificada pela União Europeia como uma substância com evidências de causar distúrbios endócrinos, que afeta o sistema hormonal.

 

Classificação no Brasil: III (Medianamente Tóxico)

Autorizado no Brasil

Proibido na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 84% (30.055 detecções de 35.577 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 16

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 3.914

Limite máximo permitido na água do Brasil: 2µg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia: 0.1μg/L

Total vendido no Brasil em 2017:  24.730,90 segundo dados do Ibama

 

CARBENDAZIM + BENOMIL

 

Os fungicidas estão na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliados como Altamente Perigosos. A União Europeia classifica também os dois agrotóxicos como prováveis causadores de problemas mutagênicos, que pode causar dano no DNA, e tóxico para o sistema reprodutivo. No Brasil, o carbendazim é usado para combater a praga pinta preta (também conhecida por seu nome em inglês “black spot”), que deixa manchas escuras nas folhas de laranjais. Em 2012, os EUA proibiram a importação do suco de laranja brasileiro devido à presença deste fungicida nos produtos.

 

Classificação no Brasil carbendazin: III (Medianamente Tóxico)

Classificação no Brasil benomil: III (Medianamente Tóxico)

Carbendazin autorizado no Brasil

Benomil proibido no Brasil

Carbendazin proibido na União Europeia

Benomil proibido na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 92% (24.478 detecções de 26.658 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 3

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 4.757

Limite máximo permitido na água do Brasil: 120µg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia: 0.1μg/L

Total vendido no Brasil em 2017:  3.748,26 segundo dados do Ibama

 

CARBOFURANO

 

O inseticida, cupinicida, acaricida e nematicida está na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliado como Altamente Perigoso. O carbofurano é classificado também pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como altamente tóxico do ponto de vista agudo.

 

Classificação no Brasil: I  (Extremamente Tóxico)

Proibido no Brasil

Proibido na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 92% (26.155 detecções de 28.478 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 3

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 4.454

Limite máximo permitido na água do Brasil: 7µg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia: 0.1μg/L

Total vendido no Brasil em 2017:  sem vendas registradas no Ibama

 

CLOPIRIFÓS

 

O inseticida, formicida e acaricida está na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliado como Altamente Perigoso. A Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA) também avalia o clopirifós como altamente tóxicos para abelhas.

 

Classificação no Brasil: II (Altamente Tóxico)

Autorizado no Brasil

Autorizado na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 91% (24.904 detecções de 27.493 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 1

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 4.825

Limite máximo permitido na água do Brasil: 30µg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia: 0.1μg/L

Total vendido no Brasil em 2017: 6.471,19 segundo dados do Ibama

 

CLORDANO

 

O agrotóxico está na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliado como Altamente Perigoso. Já para a União Europeia, o pesticida é classificado como uma substância com evidências de causar distúrbios endócrinos, que afeta o sistema hormonal.

 

Classificação no Brasil: I (Extremamente Tóxico)

Proibido no Brasil

Proibido na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 83% (29.781 detecções de 36.700 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 691

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 1.752

Limite máximo permitido na água do Brasil: 0.2µg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia: 0.1μg/L

Total vendido no Brasil em 2017: sem vendas registradas no Ibama

 

DDT

 

O agrotóxico está na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliado como Altamente Perigoso.  O inseticida foi também classificado pela Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (IARC) como provavelmente carcinogênico para humanos. Estudo encontraram associações positivas entre a exposição ao DDT ao câncer testicular e câncer de fígado. Houve também fortes evidências experimentais de que o DDT pode afetar os sistemas imunológico e sexuais.

 

Classificação no Brasil: I (Extremamente Tóxico)

Proibido no Brasil

Proibido na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 84% (28.011 detecções de 33.371 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 19

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 2.808

Limite máximo permitido na água do Brasil: 1µg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia: 0.1μg/L

Total vendido no Brasil em 2017: sem vendas registradas no Ibama

 

DIURON

 

O agrotóxico está na lista da Pesticide Action Network (PAN) classificado como Altamente Perigoso. A Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA) avalia o Diuron como “reconhecidamente cancerígeno”.

 

Classificação no Brasil: III (Medianamente Tóxico)

Autorizado no Brasil

Autorizado na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 92% (25.097 detecções de 27.297 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 1

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia:5.072

Limite máximo permitido na água do Brasil: 90µg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia: 0.1μg/L

Total vendido no Brasil em 2017: 6.999,47, segundo dados do Ibama

 

ENDOSSULFAN

 

O inseticida está na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliado como Altamente Perigoso. É apontado também pela União Europeia como um agrotóxico de toxicidade aguda, que caracteriza um pesticida que causa problemas de saúde logo após a exposição.

 

Classificação no Brasil: I (Extremamente Tóxico)

Proibido no Brasil

Proibido na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 82% (29.713 detecções de 36.101 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 11

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 2.843

Limite máximo permitido na água do Brasil: 20µg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia: 0.1μg/L

Total vendido no Brasil em 2017: sem vendas registradas no Ibama

 

GLIFOSATO

 

O herbicida, que é o agrotóxico mais vendido no Brasil, está na lista da Pesticide Actions Network avaliado como Altamente Perigoso. Ele é classificado como provável cancerígeno pela Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (IARC), entidade vinculada à Organização Mundial de Saúde.

Classificação no Brasil: IV (Pouco Tóxico)

Autorizado no Brasil

Autorizado na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 87% (30.100 detecções de 34.737 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 8

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 7.952

Limite máximo permitido na água do Brasil: 500μg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia: 0.1μg/L

Total vendido no Brasil em 2017: 173.150, segundo dados do Ibama

 

LINDANO

 

O Lindano está na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliado como Altamente Perigoso. Já para a União Europeia, o pesticida é classificado como uma substância com evidências de causar distúrbios endócrinos, que afeta o sistema hormonal.

 

Classificação no Brasil: I (Extremamente Tóxico)

Proibido no Brasil

Proibido na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 83% (29.296 detecções de 35.505 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 19

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 2.489

Limite máximo permitido na água do Brasil: 2µg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia: 0.1μg/L

Total vendido no Brasil em 2017: sem vendas registradas no Ibama

 

MANCOZEBE

 

O fungicida está na lista da Pesticide Action Network (PAN) classificado como Altamente Perigoso. A Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA) avalia o Mancozebe como provável cancerígeno.

 

Classificação no Brasil: IIII (Medianamente Tóxico)

Autorizado no Brasil

Autorizado na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 91% (22.650 detecções de 24.859 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 3

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 5.273

Limite máximo permitido na água do Brasil: 180µg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia: 0.1μg/L

Total vendido no Brasil em 2017: 30.815,09, segundo dados do Ibama

 

METAMIDIFÓS

 

O metamidifós está na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliado como Altamente Perigoso. O agrotóxico é classificado também pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como altamente tóxico do ponto de vista agudo.

 

Classificação no Brasil :I (Extremamente Tóxico)

Proibido no Brasil

Proibido na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 90% (24.051 detecções de 26.596 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro:11

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 3.579

Limite máximo permitido na água do Brasil: 12µg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia:  0.1µg/L

Total vendido no Brasil em 2017: sem vendas registradas no Ibama

 

PARATIONA METÍLICA

 

A parationa metílica está na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliado como Altamente Perigoso. O agrotóxico é classificado também pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como extremamente tóxico do ponto de vista agudo.

 

Classificação no Brasil : I (Extremamente Tóxico)

Proibido no Brasil

Proibido na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 85% (25.566 detecções de 29.982 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 4

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 3.589

Limite máximo permitido na água do Brasil: 9µg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia: 0.1µg/L

Total vendido no Brasil em 2017: sem vendas registradas no Ibama

 

PERMETRINA

 

O inseticida está na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliado como Altamente Perigoso. A permetrina também é classificada como uma substância cancerígena pela Agência Internacional de Pesquisa em Câncer (IARC).

 

Classificação no Brasil: III (Medianamente tóxico)

Autorizado no Brasil

Proibido na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 83% (26.488 detecções de 32.096 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 4

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 3.093

Limite máximo permitido na água do Brasil: 20µg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia: 0.1µg/L

Total vendido no Brasil em 2017: 83,34, segundo dados do Ibama

 

PENDIMENTALINA

 

O inseticida está na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliado como Altamente Tóxico.

 

Classificação no Brasil: III (Medianamente tóxico)

Autorizado no Brasil

Autorizado na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 83% (26.302 detecções de 31.600 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 1

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 2.747

Limite máximo permitido na água do Brasil: 20µg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia: 0.1µg/L

Total vendido no Brasil em 2017: Site do Ibama não apresenta os dados

 

PROFENOFÓS

 

O inseticida está na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliado como Altamente Tóxico. A Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA) também aponta a substância como altamente tóxica para abelhas.

 

Classificação no Brasil: II (Altamente Tóxico)

Autorizado no Brasil

Proibido na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 91% (25.392 detecções de 27.883 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 4

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 4.910

Limite máximo permitido na água do Brasil: 60µg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia: 0.1µg/L

Total vendido no Brasil em 2017: Site do Ibama não apresenta os dados

 

TERBUFÓS

 

O inseticida está na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliado como Altamente Tóxico. A organização Mundial de Saúde (OMS) classifica o terbufós como um pesticida de toxicidade extremamente aguda.

 

Classificação no Brasil: I  (Extremamente Tóxico)

Autorizado no Brasil

Proibido na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 92% (25.472 detecções de 27.773 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 9

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 3.502

Limite máximo permitido na água do Brasil: 1.2µg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia: 0.1µg/L

Total vendido no Brasil em 2017: Site do Ibama não apresenta os dados

 

TRIFLURALINA

 

O herbicida está na lista da Pesticide Action Network (PAN)  avaliado como Altamente Tóxico. Já para a União Europeia, o pesticida é classificado como uma substância com evidências de causar distúrbios endócrinos, que afeta o sistema hormonal.

 

Classificação no Brasil: II (Altamente Tóxico)

Autorizado no Brasil

Proibido na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 84% (29.027 detecções de 34.553 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 2

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 3.048

Limite máximo permitido na água do Brasil: 20µg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia: 0.1µg/L

Total vendido no Brasil em 2017: 1.940,41 segundo dados do Ibama

 

MOLINATO

O herbicida está na lista da Pesticide Action Network (PAN) avaliado como Altamente Tóxico. A PAN também classifica a substância como suspeita de causar câncer e de ser tóxica para o sistema reprodutivo.  

 

Classificação no Brasil: II (Altamente Tóxico)

Autorizado no Brasil

Proibido na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 84% (27.400 detecções de 32.646 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 6

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 4.087

Limite máximo permitido na água do Brasil: 6µg/L

Limite máximo permitido na água da União Europeia: 0.1µg/L

Total vendido no Brasil em 2017: Site do Ibama não apresenta os dados

 

2,4D

 

O herbicida, segundo relatório técnico do Ministério do Desenvolvimento Agrário,  representa uma série de riscos à saúde. No Brasil, ele é usado plantações de arroz, café, cana-de-açúcar, milho, soja, e trigo.

 

Classificação no Brasil: I (Extremamente Tóxico)

Autorizado no Brasil

Autorizado na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 92% (29.119 detecções de 31.709 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 2

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 4.270

Limite máximo permitido na água do Brasil: 30µg/L

 

ALDRIN + DIELDRIN

 

Esses agrotóxicos fazem parte da lista de poluentes orgânicos persistentes (POPs), que têm características de alta persistência (não são facilmente degradadas), são capazes de transportarem por longas distâncias pelo ar, água e solo e podem se acumular em tecidos dos organismos vivos, sendo preocupantes para a saúde humana e meio ambiente. O Brasil é signatário da Convenção de Estocolmo, que tem como compromisso eliminar os estoques e resíduos dos POPs como um todo.

 

Classificação no Brasil: I (Extremamente Tóxico)

Proibido no Brasil

Proibido na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 86% (30.973 detecções de 36.201 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 1,338

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 1.212

Limite máximo permitido na água do Brasil: 0,03µg/L

 

ENDRIN

 

O praguicida faz parte da lista de poluentes orgânicos persistentes (POPs), que têm características de alta persistência (não são facilmente degradadas), são capazes de transportarem por longas distâncias pelo ar, água e solo e podem se acumular em tecidos dos organismos vivos, sendo preocupantes para a saúde humana e meio ambiente. O Brasil é signatário da Convenção de Estocolmo, que tem como compromisso eliminar os estoques e resíduos dos POPs como um todo.

 

Classificação no Brasil: I (Extremamente Tóxico)

Proibido no Brasil

Proibido na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 83% (29.916 detecções de 36.175 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 656

Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 1.888

Limite máximo permitido na água do Brasil: 0,6µg/L

 

METOLACLORO

 

O herbicida é classificada como uma substância de alta persistência, além de ser considerado muito perigoso para o meio ambiente. No Mato Grosso, estado que mais consome agrotóxicos no Brasil, um estudo da Universidade Federal encontrou resíduos do pesticida em poços artesianos.

 

Classificação no Brasil: III (Medianamente Tóxico)

Autorizado no Brasil

Proibido na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 84% (29.467 detecções de 35.236 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 6 Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 3.477

Limite máximo permitido na água do Brasil: 10µg/L

 

SIMAZINA

 

O herbicida é considerado uma espécie de “primo” da atrazina devido às semelhanças químicas. Um estudo da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (EPA) encontrou ligação entre este agrotóxico e problemas reprodutivos em ratos.

 

Classificação no Brasil: III (Medianamente Tóxico)

Autorizado no Brasil

Proibido na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 84% (29.291 detecções de 34.909 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 17 Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 3.748

Limite máximo permitido na água do Brasil: 2µg/L

 

TEBUCONAZOL

 

O fungicida é utilizado em diferentes culturas, tais como frutas, hortaliças, cana de açúcar e trigo. A Universidade Federal de Viçosa fez um estudo para avaliar os efeitos do pesticida em morcegos que levou a alterações metabólicas e hepáticas.

 

Classificação no Brasil: IV (Pouco Tóxico)

Autorizado no Brasil

Aprovado na União Europeia

Percentual de detecção na água do Brasil: 92% (25.364 detecções de 25.567 testes feitos em todo o país)

Número de vezes em que a concentração detectada estava acima do limite Brasileiro: 1 Número de vezes que a concentração detectada estava acima do limite da União Europeia: 5.228

Limite máximo permitido na água do Brasil: 180µg/L